sábado, 10 de janeiro de 2009

Van Gogh e as cartas de Theo.


Pintor Holandês - 1853/1890 - Impressionismo/pós Impressionismo -
Théo - irmão e amigo de Vicent Van Gogh -

Entre uma correspondência e outra,

o amor e a dedicação fizeram mesmo que por pouco tempo, que um ser humano vivesse mesmo "angustiado," seus dias de vida.
Entre dias ensolarados, e dias chuvosos, Vicent Van Gogh, na busca infinita de si mesmo trilhou caminhos transformados em um labirinto, onde infinitamente buscava a porta que o levaria ao paraíso tão sonhado!
Como é difícil achar um lugar só nosso, onde caiba nossa essência, que prove e comprove que somos de fato únicos!
Construímos muitas vezes castelos de areia, nos descobrimos dentro deles, e ali colocamos tudo como gostaríamos que fosse. Criamos um mundo de sonhos, só não imaginamos que esse castelo um dia possa se desmoronar.
Difícil manter o equilíbrio de viver com as provocações e perturbações, porque no rio da vida, correm águas a todo momento, pois a vida é um desafio incessante!
Todos nós somos " loucos ", difícil é admitir nossas limitações...e entre pinceladas rápidas e pequenas Van Gogh, conseguia através da pintura se manter em sintonia com uma realidade ideal e não uma realidade imposta... nesse momento então era feliz, revelando um mundo de sentimentos e visão!
O amarelo sempre esteve presente em suas telas, causando várias polêmicas, mas para mim, era uma forma de chamar " atenção," de dizer:
Eu estou aqui! -
E nesse momento tenho certeza absoluta que ele mostrava aquilo que existia de mais belo dentro
do seu pequeno castelo de areia!

* Vendeu um único quadro em vida
* Cometeu suicídio -

8 comentários:

Tais Luso de Carvalho disse...

Ótimo, Wal, muitas vezes nos tornamos produtivos e criativos exatamente para superar estas barreiras do inconsciente, depressões ou outras patologias. E a grandeza do artista Van Gogh - e não do homem - estava exatamente aí; talvez se tivesse sido diferente, hoje não teríamos suas obras tão valiosas e belas.

Para ele foi péssimo, pois vendeu, apenas, uma obra.
Veio a sofrer de aguda miséria e entrou em crise espiritual até 1880 quando, então, percebeu na arte uma vocação e um meio de trazer consolo à humanidade. Mas como disseste, era muito... Não agüentou a angústia e a depressão e suicidou-se.

Um beijão amigaaaa!
tais

Patrick disse...

O Sr. Vincent van Gogh é ímpar na pintura. Vamos cantar para Deus protegê-lo?

Abraços.

Canteiro Pessoal disse...

Oiii querida, paz !!!
Preciosas e bastante ricas as palavras q deixastes no meu blog.
Todo "artista", qqr q seja sua ténica, deseja falar algo ao mundo, operar o metamorfar.
Sabes, vou incluindo tb, a humanidade, pq cada qual possui dentro d si uma chama artística, onde encaixa o q citas, busca viver, "sintonia c uma realidade ideal e ñ uma realidade imposta".
Precisamos sempre nos posicionarmos à conquista d nossos ideais, e ñ vivermos o q opera no mundo caótico e como sendo uma produção em série, mas, multiplicarmos ao q cremos, gerarmos discípulos.
Creio, fielmente, ser isto q cada artista tão renomado fez, gerou discípulos, onde estes servem d escada p mts, mentores e formando assim, artistas maiores q eles; época distinta q é tão viva né, msm q a tecnologia esteja sendo cruel no matar traçados, escritas e pinturas espontâneas.
Linda é um prazer tê-la agregada nos meus 2 blog's.

bjs !!!

Marli disse...

Wall! Sábias palavras que sempre nos fazem refletir!Parabéns! Passei para deixar um abraço e agradecer pelo último comentário da águia e email! Bjtos!
Marli.

Daniela Caburro disse...

OLÁ AMIGA!
SEU BLOG ESTÁ LINDO!...O TEXTO SOBRE VAN GOGH ESTÁ LINDÍSSO!...PARABÉNS POR TUDO!
BJS.
DANI

Anna Leão disse...

Wal querida, quem sabe o amarelo refletia sua busca busca incessante pela Luz. Luz que havia dentro dele, com certeza, se não ele não pintaria aquelas telas.

Acho que o verdadeiro lugar sagrado, podemos chamar assim, está dentro de nós, em nossos mundos internos!

Adoro a arte deste pintor holandês, tenho a reprodução de um quadro dele, o Café de Nuit.

Beijos,
Anna

Donagata disse...

Aproveito este texto lindíssimo de Van Gogh, que eu aprecio, para informar que: JÁ ESTÁ! Já sou sua seguidora!
Agora não me apetece sair daqui. A música é tão boa...

Beijokas. Hoje são lambiditas.

wallper.lima disse...

Obrigada Amiga Donagata...sei que posso contar com vc..
Adorei o beijo lambiditas...vc esta me dando um nó, mas é bom, pois quanto mais novidade mais aprendo.
Um beijo grande.
Wal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...