sexta-feira, 6 de março de 2009

Desenho e Pintura -


Além do indispensável talento para pintar
é necessário desenhar.
Numa velha discussão como iniciar a execução
de uma pintura, uns afirmam que é melhor desenhar e construir o modelo,
com carvão, pincel e tinta líquida. Outros dizem que é preferível pintar direto sobre a tela em branco, sem desenho prévio.
O crítico de arte Waetzoldt, afirma com bastante
razão, no seu livro: "Você e a arte: - um pintor inato - não vê primeiro a forma e depois a cor, mas sim cores, com forma coloridas num todo. Não ilumina, como a criança colorindo álbuns: - pinta!-
Vasari, o cronista do renascimento, conta acerca
do famoso Ticiano, que "utilizava imediatamente
as tintas, sem desenho prévio!"
O próprio Ticiano, dizia que esse era o real e me-
lhor meio de fazê-lo, - "o verdadeiro desenho" -(dando a entender que ao mesmo tempo que pintava, desenhava.
Miguel-Ângelo, contemporâneo e compatriota, de Ticiano, comentava referindo-se ao método
deste último: " é pena que em Veneza não comecem por aprender a desenhar corretamente."
Miguel-Ângelo, David, Degas, Dali, que eu saiba, só para citar alguns mestres, de ontem e de hoje, eram ou são partidários de construir o desenho - em alguns casos com notável acuidade antes de começar a pintar.
Velásquez pelo contrário, se diz que não preparava os seus quadros, e as vezes nem sequer os desenhava, atacando imediatamente a tela com o pincel.
"De Sorolla se conta que um pincel com tinta a óleo pouco densa, lhe bastava para indicar na tela as proporções, a situação dos elementos, o corte do quadro." - Sorolla trabalhava direta-
mente muitas vezes sem desenho prévio - manchando e cobrindo a tela em pouco tempo.
Penso eu, que o desenho é a disciplina básica que todo artista deveria dominar, antes de poder usar a cor, a tinta ou qualquer outro recurso adicional.
Picasso deixou em seus escritos, um conselho que acho fundamental:
" Antes mesmo de você procurar fazer arte moderna, comece pelo princípio, procurando
estudar a fundo, os maravilhosos meios técnicos fornecidos pela própria natureza." E quem
conheceu a fundo todo seu acervo, com todas as suas fases, sabe que Picasso dominava a fundo a técnica de desenhar!
Pergunto: - como se consegue alcançar esse patamar?
Reposta : - desenhando, desenhando, desenhando... - reservar parte do dia para fazer cópias,
de objetos, retratos, paisagem, etc... - esse é um dos estudos mais difíceis, que são as aulas de modelo vivo, onde se aprende a extrair da natureza somente os elementos necessários a arte ideal!
Quando entrei para Faculdade de Educação Artística, minha turma tinha uns 45 alunos, e no
final do curso, só restaram 13 alunos, que posso dizer que era uma turma formada de feras. Todos eram conhecidos a fundo pelos professores, e a exigência era imensa: professor-aluno,
aluno-professor e aluno-aluno, ou você aprendia ou desistia! "
Devemos nos dedicar de corpo e alma para sermos o "melhor", seja no que for, não
desmerecendo ninguém...e então nos sentiremos preparados para levantar voo, e poder
perceber que numa paisagem, as folhas de uma árvore, só podem ser vistas em conjunto. Não se distinguem apenas se adivinha! E aí então poderemos observar que não são os detalhes que impressionam mas os efeitos, conseguidos pelo artista. Mas para isso, precisamos estar cientes, que a natureza tem infinitas variações, tem a sua parte fácil bem como à difícil. Cabe ao artista saber julgar por onde começar seu trabalho, e permitir que com todo esse conhecimento acadêmico ande junto o coração e a sensibilidade, pois toda obra tem que causar emoção!

24 comentários:

Valter disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Canteiro Pessoal disse...

Eiii Wallarte... com novas cores sempre né, as suas pinceladas vão dando por si só um brilho à tela escrital, como nunca se viu coisa igual.

Vou deixando contigo meu outro espaço;

http://pricaliga.blogspot.com

Tais Luso de Carvalho disse...

Oi, Walzinha, gostei desta frase:'...não são os detalhes que impressionam, mas os efeitos...'

Dalí - que gostas tanto-, disse:
'Tenho desde a infância
uma viciosa propensão de espírito
a me considerar como diferente
do comum dos mortais.
Isso ainda dura e não cessa
de me fazer prosperar'.

A pintura têm tantas nuances, o maravilhoso é achar a nossa; por onde começar. Cada artista é único.

Ótima postagem!Bem didática.
À propósito, adorei a obra que postaste...linda!

Beijinhos saudosos.
Tais

Patrickíssimo disse...

Não tenho esse talento de desenhar, de esculpir, de pintar.(Espera um pouco que vou ali no cantinho chorar)...Mas admiro quem tem, pois aprendo muito com eles.

Estive por aqui.

Valter disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Donagata disse...

Adorei o seu post que me deixou a reflectir. Como já disse em relação às artes plásticas sou uma verdadeira ignorante, por isso aqui só posso aprender. E devo dizer que tenho aprendido muito.
Contudo, hoje, fiquei com alguma dúvida. Não que não considere da máxima importância o saber desenhar bem. É fundamental para o sentido de proporção, e de qualidade da imagem pretendida. Porém, não haverá pintores que podem, pelas suas características próprias não necessitar desse treino exaustivo do desenho?
Eu acho que um artista sem técnica que tenha muito jeito, pode ter a sorte de conseguir uma ou outra obra boa, ou mesmo muito boa, mas não mais. Um artista com muita técnica mas com pouca sensibilidade, se calhar nem isso consegue...
Desculpe-me se estou a dizer muitas asneiras, mas estou apenas a aproveitar para reflectir sobre o assunto.

Um beijo e uma boa semana.
É sempre um prazer passar por aqui.

wallper.lima disse...

Olá Donagata! Achei mto interessante levantar aqui uma questão que lhe causou alguns dúvidas. Veja bem:
Existem opiniões contrarias a minha, mas eu penso assim, e até coloquei um pensamento de um grande pintor da nossa história - Picasso, pois é um grande exemplo, que devemos partir do princípio, e não do meio. Muitas pessoas vêem suas últimas obras, e não imaginam o quanto ele dominava a técnica de desenhar, pois ele foi aos poucos, ao longo de sua carreira abstraindo sua pintura, onde "dessecou tudo aquilo que dominou através de longos anos em suas várias fases.
Cito também Salvador Dali, que dominava o desenho como ninguém...
Uma vez li, e achei mto interessante, que tem artista que nasce feito, e outros aprendem ser.
Já nasci com o dom do desenho, só fiz me aperfeiçoar...pois nunca sabemos tudo, estamos sempre em aprendizado.
As vezes um artista tem um estílo, mas não quer dizer que ele não faça outras coisas. Mas claro que existem aqueles que realmente não vão mto além, até porque aquele é o seu "limite.E como vc colocou mto bem, não quer dizer que sua obra seja ruím, mas apenas buscou outros caminhos que mais lhe agradaram.(ou que pode sustentar).
Concordo também quando vc cita os artistas que dominam a técnica de desenhar, e suas obras não passam emoção, justamente como finalizo minha postagem!... Você está correta, por isso que a pintura passou por vários movimentos, mtos muros foram derrubados, e aquela idéia de beleza ideal, acabou, se perdeu!
Espero ter tirado suas dúvidas, mas se não, me perdoe!
Wal.

wallper.lima disse...

Olá Patrick! Adorei essa saída!
Abraços.
Wal.

wallper.lima disse...

Olá Canteiro Pessoal - Adorei o que disse: - " As sua pinceladas por si só vão dando brilho a sua tela escrital! Amei!
Bjos

wallper.lima disse...

Donagata - esqueci de mandar ...
Beijos mil.
Wal.

wallper.lima disse...

Oi Taizinha...adorei a citação sobre Dali - pois tdo que vem dele a mim interessa! E sobre a frase:
não são os detalhes que impressionam, mas os efeitos - Realmente e pra chegar a isso, temos que caminhar por caminhos que absolutamente serão só nossos.!
Bjoca no coração.
Walzinha.

wallper.lima disse...

Oi Valter! É isso mesmo, desistir jamais! Obrigada, por tudo!
Abraços.
Waleria.

Marli disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Isabel Lemgruber disse...

oi Waléria, obrigada por me visitar, e me chamar de volta. Já tinha vindo aqui, mas não tinha dado tempo de comentar. Tô meio atolada de trabalho. A-mei esta obra do Renoir - ver o Monet pintando... Adorei!!
Bjk,
Isabel.

Scarlet disse...

Oi Waleria!
Estou aqui de novo no seu cantinho maravilhoso!
Se sou boa em desenho, os outros que falam; pois para mim, um desenho nunca está perfeito, ao contrário, sempre tento melhorar fazendo outros. Esta é a arte do desenho! Eu também acho que o desenho não fica "bonito" por sua aparência, e sim por sua emoção. Nunca desenho sem querer; mas quando bate aquela inspiração... Eu não paro desenhar!!
Amei esse "novo visual" do blog!!
Ah! E parabéns pelo seu prêmio da Vickys: você merece!!
Continue com esse blog encantador!!
Bjus,
Scarlet

Scarlet disse...

Aqui estou eu de novo!! Só para me desculpar pela enorme quantidade de "desenhos" que eu escrevi sem pensar!!
Até Mais!!

Lu disse...

Olá, Waléria!
Obrigada pela visita ao meu http://www.vivaagora.blogspot.com/,que está completando dois anos neste mês. Também adorei este seu espaço e passarei sempre por aqui!!!
Felicidades!!!
Lu.

Luma D. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Luma D. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tertulías disse...

Cada visita aqui me enriquece. Muito obrigado por dividir conosco este amor intenso... desenho... oh, como eu gostaria de poder... de ter este talento...

Canteiro Pessoal disse...

Oie linda, passo mesmo que atrasado, peço perdão, mais vai um FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER.
Bela mulher és, pois, colore a minha retina com múltiplas cores.

Ósculos e amplexos.

Graciela Acebal disse...

Hermoso tu blog!!
Gracias por visitarme y un abrazo desde Argentina.
Graciela, Artes Nativos

Carla disse...

Obrigado pela visita e tão carinhoso comentário. Vim conhecer seu blog e já fiqui fã. Este texto eu precisava de ter lido já há bastante tempo, fazia-me falta, para perder alguns medos, sim porque estas minhas andanças tem "dois dias" e sempre acompanhadas de muitas dúvidas. Obrigado e um beijinho

Enlightenment disse...

Waléria, o prazer é todo meu em seguir o seu blog. Devorei-o ainda antes de me subscrever. Lê-lo sabe-me bem e incentiva-me no meu gosto natural pelas artes plásticas, como no caso deste post, simultâneamente didáctico e motivador. Obrigada pela sua partilha de conhecimentos e experiências.Beijinhos, Diana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...